Conta Loios

moldura

Comissão de Proteção de Crianças da Moita
«Laço Humano» chama atenção para prevenção dos maus tratos na infância

Comissão de Proteção de Crianças da Moita<br />
«Laço Humano» chama atenção para prevenção dos maus tratos na infânciaNo âmbito da campanha da Comissão Nacional de Promoção dos Direitos e Proteção das Crianças e Jovens, “Abril Mês da Prevenção dos Maus Tratos na Infância 2019”, a Comissão de Proteção de Crianças e Jovens da Moita (CPCJ) promove, no dia 30 de abril, às 14:00h, na Praça da República, um “Laço Humano”.

Várias pessoas, vestidas com blusa azul, formarão um laço, chamando a atenção, desta forma, para a importância da prevenção dos maus tratos na infância 2019.
Além desta iniciativa, a CPCJ associa-se à campanha nacional com a distribuição de folhetos informativos e cartazes junto dos parceiros sociais e entidades do concelho.

História do Laço Azul

A Campanha do Laço Azul teve início na Virgínia (E.U.A), em 1989, quando Bonnie W. Finney amarrou uma fita azul à antena do seu carro como forma de expor à comunidade a trágica história de maus-tratos que a sua neta de 16 meses sofrera.

Porquê Azul?

Para esta avó, o azul representava a cor das lesões provocadas nos seus netos. Esta campanha expandiu-se pelo mundo e, atualmente, muitos países utilizam as fitas azuis no decorrer do mês de abril, em memória das crianças que morreram e como forma de sensibilizar a comunidade para a problemática e para a necessidade de prevenir os maus-tratos infantis.

26.04.2019 - 00:32

Imprimir   imprimir

PUB.

Pesquisar outras notícias no Google

Design: Rostos Design

Fotografia e Textos: Jornal Rostos.

Copyright © 2002-2019 Todos os direitos reservados.