Conta Loios

moldura

Barreiro - Situação caótica que se vive na Soflusa
Comissão de Utentes responsabiliza Governo e Conselho de Administração

Barreiro - Situação caótica que se vive na Soflusa<br />
Comissão de Utentes responsabiliza Governo e Conselho de Administração. Desbloqueiem de imediato as verbas necessárias à contratação

. Reforcem o número de embarcações nas ligações fluviais

Centenas de utentes vêm assim a sua vida prejudicada, no pessoal e profissional. Há utentes a quem é descontado, no trabalho, o tempo de atraso sem que isso corresponda a qualquer responsabilidade sua.

A Comissão de Utentes responsabiliza Governo e Conselho de Administração da situação caótica que se vive na Soflusa

Conforme a Comissão de Utentes do Barreiro já tinha alertado, persiste a degradação do serviço de transportes fluviais da Soflusa nas ligações Barreiro-Lisboa-Barreiro.
São constantes os atrasos e a supressão de carreiras.

Centenas de utentes vêm assim a sua vida prejudicada, no pessoal e profissional. Há utentes a quem é descontado, no trabalho, o tempo de atraso sem que isso corresponda a qualquer responsabilidade sua.

A responsabilidade é inteiramente da Administração da Soflusa e do Governo que não souberam ou não quiseram tomar, em devido tempo, as medidas de renovação da frota e o necessário aumento do quadro de pessoal da empresa.

Acreditamos que Governo e a administração se servem dos problemas laborais para virar o descontentamento dos utentes com a falta do transporte contra os trabalhadores e, desse modo, ocultar as verdadeiras razões das constantes supressões das carreiras.

De pouco serve vir, sucessivamente, a Administração da Soflusa pedir desculpas aos utentes alegando constrangimentos de ordem laboral.

A CUSPAS, Comissão de Utentes dos Serviços Públicos do Barreiro não aceita tais desculpas e exige, em nome dos utentes e com a legitimidade de quem, reiteradamente, tem vindo a alertar para as constantes falhas, a resolução dos problemas existentes.

A CUSPAS exige que o Governo e Conselho de Administração:

1. Deem resposta às reivindicações dos trabalhadores da Soflusa de forma a não continuar a lesar os utentes que diariamente se deslocam a Lisboa

2. Desbloqueiem de imediato as verbas necessárias à contratação imediata e urgente dos de profissionais em falta.

3. Reforcem o número de embarcações nas ligações fluviais, em particular nos horários de maior fluxo de passageiros.
Os utentes não podem ser os prejudicados nesta situação que tarda em ter fim e os quais já esgotou toda a paciência.

Comissão de Utentes dos Serviços Públicos do Barreiro
07/07/2019

08.07.2019 - 00:10

Imprimir   imprimir

PUB.

Pesquisar outras notícias no Google

Design: Rostos Design

Fotografia e Textos: Jornal Rostos.

Copyright © 2002-2019 Todos os direitos reservados.