Conta Loios

moldura

Cidadãos e Movimento Associativo unem-se para Grande Causa Solidária na Moita
Mobilizar a população em apoio às famílias mais desfavorecidas

Cidadãos e Movimento Associativo unem-se para Grande Causa Solidária na Moita<br />
Mobilizar a população em apoio às famílias mais desfavorecidas Um grupo de munícipes das várias freguesias do Concelho da Moita lançaram em conjunto com o Movimento Associativo uma campanha solidária para a recolha de bens essenciais, alimentares, roupa e brinquedos, intitulada de “Grande Natal Solidário na Moita”, entre 5 a 20 de Dezembro de 2019.

Segundo os munícipes autores deste projeto a iniciativa tem como objetivo mobilizar a população do concelho a agir em apoio às pessoas e famílias mais desfavorecidas, proporcionando-lhes algum conforto, seguindo os valores de partilha, compaixão e solidariedade que têm vindo a ser esquecidos e que definem a época natalícia.

A população é convidada a fazer doações em vários pontos de recolha no movimento associativo local e até à data juntaram-se a esta causa 11 organizações das várias freguesias do Concelho da Moita: o Sporting Banheirense, Chinquilho, Baixa da Serra, União Banheirense e a Escola de Futebol D.João I na Baixa da Banheira; o Desportivo de Portugal no Vale da Amoreira; o Moitense e a Associação de Moradores no Bairro Novo na Moita; o Vinhense e o C.R.I em Alhos Vedros e o 1º de Maio Sarilhense em Sarilhos Pequenos.

“Consideramos que seja de extrema importância que as populações locais tomem a iniciativa e cheguem-se à frente para desenvolverem projetos que apoiem o desenvolvimento das freguesias onde vivem, contribuindo para causas solidárias e dando apoio ao movimento associativo local. Esta será a primeira de muitas iniciativas solidárias que nós, enquanto grupo de munícipes do concelho da Moita, iremos desenvolver porque consideramos que a necessidade de apoio às famílias desfavorecidas não pode apenas ocorrer durante o período Natal, mas sim durante todo o ano e será esse o nosso objetivo para o futuro desta ação.”, refere Daniel Demétrio – um dos autores da iniciativa.
Filipe Beja, responsável pelo contacto com o movimento associativo desta ação, considera que “o envolvimento do trabalho efetuado pelas nossas associações, clubes e coletividades locais é essencial para o sucesso deste tipo de iniciativas. É extremamente satisfatório vermos que a população está a unir-se por esta causa solidária, mas sem o apoio fundamental do nosso movimento associativo nada disto seria possível.”.

A recolha de bens irá decorrer entre os dias 5 a 20 de dezembro nos vários pontos identificados e feita a distribuição entre os dias 21 a 23 no terreno, como também pelas várias instituições de solidariedade social. Foram disponibilizados contactos para que a população possa também identificar quem mais necessita de apoio de modo a que a organização possa chegar até elas e distribuir os bens (932 993 223 / 918 498 345 / 927 762 511). Pede-se também que a população, e todas as entidades interessadas, apoiem esta causa divulgando-a nas redes sociais e pelo município.

06.12.2019 - 09:49

Imprimir   imprimir

PUB.

Pesquisar outras notícias no Google

Design: Rostos Design

Fotografia e Textos: Jornal Rostos.

Copyright © 2002-2020 Todos os direitos reservados.