Conta Loios

moldura

Uma das jovens desaparecida na Praia do Meco era do Barreiro
Tribunal Europeu dos Direitos do Homem condena Portugal

Uma das jovens desaparecida na Praia do Meco era do Barreiro<br>
Tribunal Europeu dos Direitos do Homem condena Portugal Segundo divulga o Jornal de Noticias, o Tribunal Europeu dos Direitos do Homem refere que a investigação dos acontecimentos da Praia do Meco, na qual perderam a vida seis alunos da Universidade Lusófona, entre eles uma jovem barreirense, não respeitou a Convenção Europeia.

Sublinha o Tribunal que a investigação «começou demasiado tarde» e «não assegurou a integridade das provas», nem sequer «teve o cuidado de garantir a recolha imediata de testemunhos importantes».

O Tribunal Europeu dos Direitos do Homem condenou o Estado português a pagar uma indemnização de 13 mil euros a José Carlos Soares Campos, pai de Tiago Santos, um dos jovens que perdeu a vida, arrastado por uma onda, na Praia do Meco, em 15 de dezembro de 2013.

Segundo refere o JN, o Tribunal considerou que a investigação não cumpriu os requisitos da Convenção Europeia, nem cumpriu várias medidas que deviam ter sido ordenadas, perante as consequências da tragédia.

Recorde-se que entre os seis jovens vitimas desta tragédia, na Praia do Meco, perdeu a vida a jovem barreirense Catarina Soares, no dia 15 de Dezembro 2013, quando foram surpreendidos e arrastados para o mar por uma vaga, cerca da uma hora da manhã.

14.01.2020 - 13:50

Imprimir   imprimir

PUB.

Pesquisar outras notícias no Google

Design: Rostos Design

Fotografia e Textos: Jornal Rostos.

Copyright © 2002-2020 Todos os direitos reservados.