Conta Loios

moldura

Barreiro - Operação dirigida à atividade ilegal de captura e comercialização de bivalves
Resulta na apreensão de 300 Kg de amêijoa-japonesa no rio Coina

Barreiro - Operação dirigida à atividade ilegal de captura e comercialização de bivalves <br />
Resulta na apreensão de 300 Kg de amêijoa-japonesa no rio Coina O Comando-local da Polícia Marítima de Lisboa, no âmbito da sua atividade operacional de fiscalização e policiamento, realizou no dia 13 de janeiro uma operação dirigida à atividade ilegal de captura e comercialização de bivalves, na margem direita do rio Coina junto à praia de Palhais, no estuário do rio Tejo.

​Desta ação resultou a interceção e fiscalização de um indivíduo, comprador de amêijoa-japonesa aos apanhadores informais que se dedicam a esta atividade. Foi também fiscalizada uma viatura comercial que se encontrava carregada com cerca de 300 kg destes bivalves já acondicionados no seu interior, sem os respetivos documentos de acompanhamento, nomeadamente o Documento de Registo de Moluscos Bivalves, referentes à zona de produção dos mesmos. A zona do rio Coina é de produção não classificada, e consequentemente local proibido para a apanha de bivalves.

Como medida cautelar de polícia foram apreendidos os 300 kg de amêijoa-japonesa, dois crivos de calibragem dos bivalves e a balança portátil, tudo resultado e utilizado na prática desta atividade ilegal, tendo sido elaborado o respetivo auto de notícia que dará origem à instauração do um processo de contraordenação.

Nesta operação foram empenhados quatro elementos da Polícia Marítima e uma viatura todo-o-terreno.

14.01.2020 - 21:21

Imprimir   imprimir

PUB.

Pesquisar outras notícias no Google

Design: Rostos Design

Fotografia e Textos: Jornal Rostos.

Copyright © 2002-2020 Todos os direitos reservados.