Conta Loios

moldura

BARREIRO - PLATAFORMA CIDADÃ «BRAAMCAMP É DE TODOS»
PROVIDÊNCIA CAUTELAR ACEITE - PROCESSO DE VENDA SUSPENSO

BARREIRO - PLATAFORMA CIDADÃ «BRAAMCAMP É DE TODOS»<br />
PROVIDÊNCIA CAUTELAR ACEITE - PROCESSO DE VENDA SUSPENSO<br />
. Proteger o Património Cultural da Quinta do Braamcamp e torná-la, integralmente, num bem de fruição pública -

A Plataforma Cidadã Braamcamp é de Todos faz saber que uma Providência Cautelar foi interposta e liminarmente admitida pelo Tribunal Administrativo de Almada.

A providência cautelar suspenderá todo e qualquer acto de execução da deliberação de venda da Quinta do Braamcamp, designadamente a recepção de propostas da hasta pública.

Esta é uma notícia que nos dá alento e revigora a força da nossa razão, numa altura em que decorreu sensivelmente um ano desde a nossa constituição em Plataforma Cidadã, na sequência de diversas acções de pessoas, constituídas ou não em movimentos, e também da vontade de associações representativas de interesses colectivos de natureza social, ambiental e patrimonial.

Durante este ano, juntos ou separadamente, mas unidos por uma razão maior – Proteger o Património Cultural da Quinta do Braamcamp e torná-la, integralmente, num bem de fruição pública - desenvolvemos acções diversas que, centradas no conhecimento do património moageiro, na história da Quinta, no património ambiental, no reconhecimento da paisagem e nos efeitos das alterações climáticas, nas questões do urbanismo e do desenvolvimento sustentado.

Tal permitiu uma ampla troca de opiniões com a população, alargando o debate e a participação dos barreirenses sobre o futuro de Alburrica/Quinta do Braamcamp, que sempre reputámos como essencial para a decisão sobre o que fazer com este espaço.

Este é um passo importantíssimo na luta que todos nós temos vindo a travar por um bem comum - Uma Quinta Braamcamp renaturalizada, de usufruto de toda a população.

Obrigado a todos, individualmente ou através das associações e movimentos que têm estado juntos. Celebremos a solidariedade que todos demonstrámos. Mas sabendo que a luta não terminou.

Um obrigado muito especial à Dra. Madalena Alves Pereira, que preparou a providência cautelar. Obrigado à Associação Barreiro - Património Memória e Futuro, que por razões meramente processuais, subscreveu o documento. Obrigado a todos os que colaboraram na sua preparação.

Este processo ainda não terminou. Temos que continuar a lutar.

Barreiro, Abril 2020
Plataforma Cidadã Braamcamp é de Todos

07.04.2020 - 00:07

Imprimir   imprimir

PUB.

Pesquisar outras notícias no Google

Design: Rostos Design

Fotografia e Textos: Jornal Rostos.

Copyright © 2002-2020 Todos os direitos reservados.