Conta Loios

moldura

As ações ao longo dos três dias também no distrito de Setúbal
Risco elevado de incêndio leva ao terreno 171 militares para prevenção de incêndios

As ações ao longo dos três dias também no distrito de Setúbal<br />
Risco elevado de incêndio leva ao terreno 171 militares para prevenção de incêndios ​A Marinha e o Exército empenham, entre hoje e segunda-feira, 171 militares distribuídos por 19 patrulhas, 5 da Marinha e 14 do Exército, em ações de vigilância terrestre e patrulhamento dissuasor, em 13 distritos de Portugal Continental, por forma a minimizar o risco de incêndios florestais.

As ações irão decorrer ao longo dos três dias, nos distritos de Aveiro, Beja, Braga, Bragança, Faro, Leiria, Lisboa, Porto, Santarém, Setúbal, Viana do Castelo, Vila Real e Viseu.

Este empenhamento resulta de um pedido da Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil, ao Estado-Maior-General das Forças Armadas (EMGFA).

Estes militares somam-se aos 108 que já se encontram nas mesmas funções em grande parte do território nacional no âmbito do Plano Faunos, em apoio ao Instituto de Conservação da Natureza e das Florestas.

O EMGFA, através dos seus oficiais de ligação aos Comandos Distritais de Operações de Socorro, mantém o acompanhamento, em permanência, do evoluir da situação operacional.

25.07.2020 - 15:24

Imprimir   imprimir

PUB.

Pesquisar outras notícias no Google

Design: Rostos Design

Fotografia e Textos: Jornal Rostos.

Copyright © 2002-2020 Todos os direitos reservados.