Conta Loios

moldura

Comissão Municipal de Proteção Civil da Moita
Apela ao cumprimento das medidas decretadas

Comissão Municipal de Proteção Civil da Moita <br />
Apela ao cumprimento das medidas decretadas A Comissão Municipal de Proteção Civil da Moita esteve, no dia 15 de janeiro, reunida no auditório da Biblioteca Municipal Bento de Jesus Caraça.~

O grande aumento de novos casos positivos para a doença Covid-19 no concelho da Moita foi uma das preocupações centrais dos intervenientes, a par com as preocupações relacionadas com a segurança sanitária dos cidadãos durante o ato eleitoral que se aproxima.

A Comissão Municipal de Proteção Civil da Moita esteve, no dia 15 de janeiro, reunida no auditório da Biblioteca Municipal Bento de Jesus Caraça, com a seguinte ordem de trabalhos:

1 – Análise da situação

2 – Eventuais medidas a tomar

Estiveram presentes as entidades que integram a Comissão e, a convite, os presidentes das juntas de freguesia. Todos os intervenientes fizeram o ponto de situação das suas áreas de intervenção no que respeita aos efeitos da pandemia no concelho.

O grande aumento de novos casos positivos para a doença Covid-19 no concelho da Moita foi uma das preocupações centrais dos intervenientes, a par com as preocupações relacionadas com a segurança sanitária dos cidadãos durante o ato eleitoral que se aproxima.

Ficou decidido reforçar as ações de sensibilização junto dos munícipes para o cumprimento das regras da DGS e para o dever geral de recolhimento domiciliário, conforme o Decreto nº 3-A/2021 de 14 de janeiro, com intensificação da fiscalização do cumprimento das medidas de autoproteção e das medidas de recolhimento decretadas, visto que, de facto, a atuação de todos e de cada um é muito relevante no sucesso do combate à pandemia.

A situação apresenta-se grave em todo o país e o concelho da Moita não é exceção, com um grande aumento no número de casos positivos e, especialmente, com grande aumento das taxas de ocupação dos hospitais, incluindo as dos cuidados intensivos.

A necessidade de se quebrarem as cadeias de transmissão da Covid-19 faz com que a manutenção do distanciamento físico, sobretudo em locais interiores, com várias pessoas, onde se permaneça mais do que breves minutos, seja uma das principais medidas a respeitar, juntamente com a correta utilização de máscara e a frequente higienização das mãos, em todos os locais, interiores ou exteriores, onde as pessoas se encontrem com outras pessoas não coabitantes, independentemente do seu vínculo familiar, de trabalho ou outro.

A Comissão apela ao cumprimento das medidas de autoproteção e do dever geral de recolhimento domiciliário e, nas eleições presidenciais que decorrerão no dia 24 de janeiro, ao cumprimento das medidas de proteção divulgadas nas diversas Assembleias de Voto, bem como ao cumprimento dos percursos de entrada e saída das mesmas e às indicações dos agentes eleitorais.

19.01.2021 - 18:02

Imprimir   imprimir

PUB.

Pesquisar outras notícias no Google

Design: Rostos Design

Fotografia e Textos: Jornal Rostos.

Copyright © 2002-2021 Todos os direitos reservados.