Conta Loios

moldura

Casa das Imagens Lauro António em Setúbal
Ciclo de cinema com obras-primas mundiais estreadas no extinto Estúdio Apolo 70.

Casa das Imagens Lauro António em Setúbal<br />
Ciclo de cinema com obras-primas mundiais estreadas no extinto Estúdio Apolo 70. Um ciclo de cinema leva à Casa das Imagens Lauro António, em Setúbal, entre fevereiro e abril, uma seleção de obras-primas mundiais estreadas numa das principais salas de cinema portuguesas, o extinto Estúdio Apolo 70.

O evento, organizado pela Câmara Municipal de Setúbal por ocasião dos 50 anos da inauguração do Estúdio Apolo 70, exibe perto de uma dezena de filmes que se estrearam em Portugal naquela sala, em sessões aos sábados, a partir as 16h00.

Com capacidade para 300 espetadores, o Estúdio Apolo 70, localizado na Avenida Júlio Dinis, em Lisboa, no interior do centro comercial Apolo 70, foi programado pelo cineasta e crítico Lauro António, desde a inauguração, a 26 de maio de 1971, até meados dos anos de 1980.

Na abertura do ciclo setubalense, a 12 de fevereiro, na qual marca presença Lauro António, é apresentado “O Vale do Fugitivo”, de Abraham Polonsky, western escolhido para a inauguração da sala lisboeta, marcado pela polémica por ser uma metáfora da guerra do Vietname.

“Ivan, O Terrível”, uma das obras-primas da história do cinema soviético, de Serguei Eisenstein, a 19 de fevereiro, e “Jerry 8¾”, de Jerry Lewis, a 26 de fevereiro, são as propostas seguintes.

Entre março e abril, são exibidos outros cinco filmes que passaram pelo Apolo 70, que apostou no cinema de “intransigente qualidade” e com liberdade de ação da parte da Filmes Lusomundo, a entidade que explorava a sala.

“História Imortal”, de Orson Welles, “A Grande Ilusão”, de Jean Renoir, “A Promessa”, de António de Macedo, e “Um Assassino pelas Costas”, de Steven Spielberg, são exibidos a 5, 12, 19 e 26 de março, respetivamente.

O ciclo encerra a 2 de abril com “American Graffiti: Nova Geração”, de George Lucas, na qual se faz um retrato da sociedade americana no início da década de 70.

A iniciativa da Câmara Municipal de Setúbal reserva ainda uma sessão dedicada ao público infantojuvenil, a 19 de fevereiro, às 10h00, na qual é exibido “Os Contos de Beatrix Potter”, de Reginald Mills.

A entrada é gratuita, mas sujeita a limite máximo de participantes.

As reservas antecipadas devem ser feitas pelo telefone 969 754 116 ou pelo endereço de correio eletrónico casadasimagens@mun-setubal.pt.

A par da programação cinematográfica, a Casa das Imagens Lauro António – Biblioteca, Mediateca e Arquivo acolhe, até 2 abril, a exposição intimista “Sala-Estúdio Apolo 70”, com parte da coleção particular de Lauro António.

Entre as várias peças expostas, contam-se documentos, cartazes, fotografias e bilhetes de cinema.

A mostra pode ser vista de segunda a sexta-feira das 10h00 às 13h00 e das 14h00 às 18h00 e aos sábados das 14h00 às 18h00. A entrada é livre.

26.01.2022 - 23:43

Imprimir   imprimir

PUB.

Pesquisar outras notícias no Google

Design: Rostos Design

Fotografia e Textos: Jornal Rostos.

Copyright © 2002-2022 Todos os direitos reservados.