moldura

Centro Hospitalar Barreiro Montijo
SUBSTITUI SACOS DE PLÁSTICO POR SACOS DE TECIDO NÃO TECIDO
. PROJETO DE SUSTENTABILIDADE AMBIENTAL

Centro Hospitalar Barreiro Montijo <br />
SUBSTITUI SACOS DE PLÁSTICO POR SACOS DE TECIDO NÃO TECIDO <br />
. PROJETO DE SUSTENTABILIDADE AMBIENTAL O Centro Hospitalar Barreiro Montijo (CHBM) implementou, este mês de setembro, um projeto de sustentabilidade ambiental, social e económica, através da substituição de sacos de plástico por sacos produzidos com o desperdício de Tecido não Tecido (TNT).

Tendo por inspiração o projeto já implementado na Unidade Local de Saúde do Baixo Alentejo, o CHBM decidiu replicar a prática instituída nessa unidade, que consiste na reutilização de Tecido não Tecido como matéria prima para a produção de novos produtos que visem substituir artigos de plástico. Considerando a Agenda 2030 para o Desenvolvimento Sustentável da Organização das Nações Unidas (ONU), pretende o CHBM, através deste projeto, “reduzir substancialmente a geração de resíduos por meio da prevenção, redução, reciclagem e reutilização, através da implementação de vários projetos de sustentabilidade”.

O TNT é resistente e impermeável e as suas folhas são utilizadas como involucro de caixas de dispositivos médicos, para esterilização, sendo eliminadas após a sua utilização. Diariamente, nos hospitais, são eliminadas grandes quantidades de TNT, não existindo evidência de se conseguir reduzir o seu consumo, pois constitui uma matéria indispensável à esterilização de dispositivos médicos. Da mesma forma, há um elevado consumo de sacos de plástico nas unidades hospitalares.

“Esta é uma excelente oportunidade de um resíduo passar a constituir matéria prima, permitindo a produção de novos artigos que substituam a utilização de produtos de plástico. Estaremos assim a dar uma segunda vida ao resíduo de TNT, através da criação de novos artigos, artigos estes reutilizáveis, e a implementar um modelo de economia circular”, explica Iria Velez, Gestora Hospitalar e responsável pela implementação deste projeto no CHBM. A médio prazo, o Centro Hospitalar tem como objetivo, entre outros, substituir 50% do consumo de sacos de plástico na instituição.
Este projeto visa, ainda, promover a valorização de profissionais da instituição, através da colaboração na promoção de uma cultura de sustentabilidade. Salienta-se também a colaboração da sociedade civil, através da inclusão de pessoas já reformadas na produção de artigos, promovendo assim a sua inclusão social e valorizando os seus saberes.

O projeto global de sustentabilidade do CHBM será concretizado através da implementação de vários projetos. “Outubro Rosa – Pela sustentabilidade” é o primeiro projeto implementado no Centro Hospitalar Barreiro Montijo e consiste na conceção de sacos e bolsas em TNT para os utentes da Unidade de Senologia transportarem, respetivamente, os exames e artigos específicos (como soutiens, próteses, cabeleiras ou outros). Este primeiro projeto envolve a sociedade civil, através da colaboração direta de uma senhora de profissão costureira, reformada, a quem o CHBM agradece a disponibilidade e colaboração.

“Estamos a estender progressivamente este projeto aos vários serviços da instituição, através da conceção de materiais produzidos pelas costureiras do CHBM, que brevemente anunciaremos, e que irão integrar outros projetos como o Eco Farmácia – movimento verde e o Eco Escritório”, explica Iria Velez. E acrescenta: “Queremos envolver mais pessoas, entre elas profissionais, utentes, instituições da sociedade e cidadão comum, que se queiram associar a este projeto, com o objetivo principal de tornar a sociedade mais sustentável”.

13.09.2023 - 16:12

Imprimir   imprimir

PUB.

Pesquisar outras notícias no Google

Design: Rostos Design

Fotografia e Textos: Jornal Rostos.

Copyright © 2002-2024 Todos os direitos reservados.