moldura

GATEM – Espelho Mágico com o apoio do município de Setúbal
4.ª edição do Bambolinices com vinte espetáculos de teatro e oficinas
.Homenageia o ator e dramaturgo Asdrúbal Teles

GATEM – Espelho Mágico com o apoio do município de Setúbal<br>
4.ª edição do Bambolinices com vinte espetáculos de teatro e oficinas<br>
.Homenageia o ator e dramaturgo Asdrúbal Teles . A abertura oficial da 4.ª edição do Bambolinices decorre a 2 de fevereiro, às 21h00, no Fórum Municipal Luísa Todi

A edição de 2024 do Bambolinices – Bienal Internacional de Teatro e Artes Performativas para Toda a Família foi oficialmente apresentada esta manhã, no Centro Artístico Fernando Guerreiro, com o vereador da Cultura, Pedro Pina, a salientar que o certame “é uma prova da vitalidade do teatro, das artes e da GATEM”.

Perto de vinte espetáculos de teatro e oficinas preenchem a 4.ª edição do Bambolinices, entre 2 e 11 de fevereiro, que homenageia o ator e dramaturgo Asdrúbal Teles, numa organização da GATEM – Espelho Mágico, com o apoio do município.

A edição de 2024 do Bambolinices – Bienal Internacional de Teatro e Artes Performativas para Toda a Família foi oficialmente apresentada esta manhã, no Centro Artístico Fernando Guerreiro, com o vereador da Cultura, Pedro Pina, a salientar que o certame “é uma prova da vitalidade do teatro, das artes e da GATEM”.

Por esse motivo, “a Câmara Municipal de Setúbal apoia novamente a realização do evento”, nesta edição com a atribuição de mais de 12 mil euros, além de continuar “empenhada” na parceria com a cooperativa cultural.

O autarca sublinhou que “a oferta de teatro para o público escolar proporcionada pelo Bambolinices é de extrema importância”, realçando o facto de que “quem não experiencia o contacto com as artes fica, certamente, menos disponível ao longo da vida de ter vontade de assistir a espetáculos e ir às salas onde a arte do teatro acontece”.

O Bambolinices regressa com uma programação composta por 16 espetáculos para vários públicos, em particular dirigidos à comunidade escolar, e com uma homenagem ao ator, dramaturgo, carpinteiro, cenógrafo, designer, publicista e humanista Asdrúbal Teles Pereira.

O diretor da GATEM – Espelho Mágico, Ricardo Cardoso, adiantou que o programa deste ano tem a novidade de se realizar exclusivamente em dois “palcos”, o Fórum Municipal Luísa Todi e o Centro Artístico Fernando Guerreiro, a nova sede da cooperativa cultural, em instalações localizadas na Rua da Figueira Grande, na Bela Vista, cedidas e requalificadas pela Câmara Municipal de Setúbal.

Ricardo Cardoso assinalou que “um bairro significa muito mais para a vida em comunidade do que o tradicional somatório de prédios alinhados em ruas e mais rua”, sublinhando que “é essa ideia que puxa para o Bairro da Bela Vista, em particular para o Centro Artístico Fernando Guerreiro, uma boa parte das atividades do certame, num esforço de valorização e de vizinhança”.

Para o vereador Pedro Pina, o Centro Artístico Fernando Guerreiro é “um justo e merecido espaço que hoje permite dar mais e melhores condições ao trabalho dos atores da GATEM”, a quem agradeceu “a disponibilidade por terem aceitado o espaço e olhado para a Bela Vista como um território de oportunidade”.

O certame conta com um conjunto de espetáculos cénicos apresentados por companhias de teatro, profissionais e não profissionais, oriundas de vários pontos do país, bem como oficinas de teatro para pais e filhos e de expressão e movimento, uma tertúlia poética e musical e uma exposição biográfica de Asdrúbal Teles.

A abertura oficial da 4.ª edição do Bambolinices decorre a 2 de fevereiro, às 21h00, no Fórum Municipal Luísa Todi, com a apresentação de “Pinóquio”, uma produção original da GATEM – Espelho Mágico e adaptação livre de Céu Campos da obra de Carlo Collodi, que inclui uma homenagem póstuma a Asdrúbal Teles.

O musical, com entradas a cinco euros, relata a grande aventura de um boneco que para ser um menino de verdade tem de provar que é sincero, generoso, humilde, educado e corajoso.

O Bambolinices prossegue no dia 3 de fevereiro, às 11h00, no Centro Artístico Fernando Guerreiro, com a apresentação de “A Magia do Fundo do Mar”, pela Lanterna Mágica, com entradas igualmente a cinco euros.

No mesmo dia, mas às 17h00, também no Centro Artístico Fernando Guerreiro, é inaugurada a exposição biográfica de Asdrúbal Teles Pereira.

À noite, pelas 21h00, no Fórum Municipal Luísa Todi, o Grupo Cénico Povoense, de Póvoa de Lanhoso, apresenta o espetáculo cénico “O Gato”, comédia de Henrique Santana, que “trata o querer, a força interior, como a única força que tudo consegue”. A entrada tem o custo de cinco euros.

No dia seguinte, a 4, às 11h00, no Centro Artístico Fernando Guerreiro, há uma oficina de teatro com pais e filhos, de entrada livre, e dinamizada pela Universo Paralelo.

À tarde, às 18h00, o Teatro Esfera leva “A Bela e o Monstro” ao palco do Fórum Municipal Luísa Todi, local onde é apresentada, a 5 de fevereiro, às 11h00, “Caju e Bambu – Uma Odisseia na Terra”, por José Lobo e João Martins. O primeiro espetáculo tem entradas a cinco euros, enquanto o segundo tem o valor de 3,5 euros.

No dia 6, às 11h00, a Universo Paralelo volta ao Centro Artístico Fernando Guerreiro para promover uma oficina de expressão e movimento, de entrada livre.

No dia 7, às 11h00, a GATEM – Espelho Mágico sobe ao palco da maior sala de espetáculos do concelho com a peça infantil “O Principezinho (de bolso”), com bilhetes a 3,5 euros.

“Da Floresta Vamos Cuidar” é a peça infantil que a Animateatro apresenta no dia 8, às 11h00, no Fórum Municipal Luísa Todi, com entradas também a 3,5 euros.

Já no dia 9, às 11h00, é a vez da Monda Teatro-Música apresentar “A Manta do José, Uma História – Canção!” no Centro Artístico Fernando Guerreiro, local que recebe no dia 10, às 11h00 e 21h00, respetivamente, “Monstro das Emoções”, da ProtagonizaMagia Associação Cultural e “Tertúlia Poética, Musical e Não Só!”, pela GATEM – Espelho Mágico.

No dia 9, às 15h00, é apresentada “EWIVA”, pelo italiano Andrea Mariani Clown no coreto da Avenida Luísa Todi.

Estes três eventos têm entrada gratuita.

O Bambolinices encerra a 11 de fevereiro, às 17h00, no Fórum Municipal Luísa Todi, com “A Dama e o Vagabundo” pela GATEM – Espelho Mágico, com entradas a cinco euros.

Fonte - CMS

16.01.2024 - 17:11

Imprimir   imprimir

PUB.

Pesquisar outras notícias no Google

Design: Rostos Design

Fotografia e Textos: Jornal Rostos.

Copyright © 2002-2024 Todos os direitos reservados.